Délio Malheiros

Um político conhecido por sua ética, imparcialidade e idoneidade. Um legislador que tem pautado seu trabalho em defesa de uma política séria e transparente, pela defesa dos Direitos do Consumidor, por políticas sustentáveis e pela luta contra injustiças.

Este é Délio Malheiros, presidente do Partido Verde de Belo Horizonte, que abdicou da candidatura própria à prefeitura para unir-se, como vice de Marcio Lacerda, ao projeto que prioriza, acima de tudo, o bem-estar e o avanço de Belo Horizonte.

Délio de Jesus Malheiros tem 51 anos, é casado e tem dois filhos. Natural de Itamarandiba, no Vale do Jequitinhonha, hoje é Cidadão Honorário de Belo Horizonte, para onde mudou-se aos 15 anos com o objetivo de seguir seus estudos.

Filho de uma família humilde, seus primeiros anos na capital mineira foram tempos de muito sacrifício. Longe dos pais, irmãos e amigos, morou em várias pensões na região central da cidade. Mas, nem por isso, deixou de se dedicar aos estudos, graduando-se em Direito pela Faculdade Milton Campos em 1989. No campo jurídico, se destacou na área do Direito do Consumidor, sua grande paixão desde os tempos de faculdade.

A trajetória de Délio Malheiros se confunde com a do próprio Código de Defesa do Consumidor, do qual foi um dos grandes defensores. Délio idealizou e foi o primeiro coordenador do Procon Assembleia – de onde é servidor de carreira –, e foi responsável pela criação da Delegacia de Defesa do Consumidor, lançada em 2006. Foi advogado do Movimento das Donas de Casa e hoje é representante da Associação Brasileira de Consumidores.

No Judiciário, Délio Malheiros travou incontáveis lutas para combater injustiças praticadas contra a população. Favoreceu milhões de consumidores ao impedir que indústrias reduzissem o conteúdo dos produtos de forma velada e ao reverter aumentos abusivos no Seguro Obrigatório DPVAT. Também protegeu milhares de clientes de seguradoras prejudicados por atitudes ilegais dessas empresas.

Délio também conseguiu, na Justiça, resguardar direitos a quem necessitava de medicamentos, cirurgias e tratamentos negados por planos de saúde e pelo poder público.

Recentemente, teve papel fundamental, juntamente com o  Ministério Pùblico, para que a Agência Nacional de Saúde (ANS) estabelecesse normas mais rígidas para o controle da qualidade de atendimento dos planos de saúde. Por essas e muitas outras lutas e conquistas, Délio Malheiros é reconhecido hoje como uma das maiores autoridades do Brasil em Direito do Consumidor. Consagrado especialista em sua área, Délio Malheiros decidiu entrar para a  política por entender que não bastava reclamar dos que detinham o poder. Era preciso "arregaçar as mangas" e fazer a coisa certa, com ética e respeito ao dinheiro público.

Assim, em 2004 candidatou-se a um cargo no Legislativo de Belo Horizonte, sendo eleito com o quinto maior número de votos: 14.292. Como vereador da capital, foi presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (2005-2006), teve papel de destaque na fiscalização do Executivo e apresentou projetos efetivos para melhorar a qualidade de vida da população. Por sua atuação reconhecida na Câmara Municipal, Délio Malheiros foi eleito Deputado Estadual em 2006 e reeleito em 2010 com 79 mil votos - o terceiro melhor desempenho em Belo Horizonte, onde foi escolhido por quase 40 mil eleitores. Atualmente, exerce seu segundo mandato como Deputado Estadual. Preside pela segunda vez a Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assembleia Legislativa e é também vice-presidente da Comissão de Administração Pública.

Não há dúvida: Délio Malheiros é o vice-prefeito que Belo Horizonte precisa.

Conteúdo Relacionado